Como economizar morando em Portugal; confira dicas importantes para poupar dinheiro

Portugal tem sido um destino popular para muitos imigrantes brasileiros que buscam uma vida nova em um país europeu. Neste artigo, vamos dar algumas dicas para imigrantes brasileiros que desejam economizar enquanto moram em Portugal.

Além da proximidade com o Brasil, o idioma e a cultura compartilhada tornam a adaptação mais fácil para muitos brasileiros. Mas, como em qualquer mudança de país, é importante levar em consideração o aspecto financeiro e aprender a economizar para poder viver bem em Portugal que vem sofrendo economicamente com a guerra na Ucrânia.

Economizar em Portugal

Moradia

A moradia é uma das maiores despesas para qualquer pessoa, não importa em que país esteja. Em Portugal, o custo de moradia pode variar muito dependendo da região em que se vive. As grandes cidades, como Lisboa e Porto, são conhecidas por terem preços mais altos do que as cidades menores.

Uma das maneiras de economizar na moradia é escolher uma cidade menor para morar, onde os preços são mais baixos. Outra opção é dividir o aluguel com outras pessoas, o que pode reduzir significativamente o custo da moradia.

Transporte

O transporte público em Portugal é relativamente barato e eficiente. Em Lisboa e Porto, as opções incluem metrô, ônibus e bonde. Para economizar ainda mais, é possível comprar passes mensais, que oferecem descontos significativos em comparação com a compra de bilhetes individuais.

Outra opção é andar de bicicleta, que é uma maneira saudável e econômica de se locomover em Portugal. Algumas cidades têm iniciativas para incentivar o uso de bicicletas, como ciclovias e programas de compartilhamento de bicicletas.

Alimentação

A alimentação em Portugal pode ser relativamente barata, dependendo do tipo de comida que se consome. Comer em casa é sempre uma opção mais barata do que comer fora. Mesmo com a crise atual ainda é possível economizar comprando alimentos em mercados locais, que oferecem preços mais baixos do que os supermercados.

Outra dica é aproveitar as promoções em supermercados, que geralmente acontecem uma vez por semana. Dica importante: evite alimentos processados e escolha alimentos frescos e sazonais.

Saúde

A saúde no país português é pública e universal, o que significa que todos os residentes têm acesso ao sistema de saúde. Algumas despesas, como consultas com especialistas e cirurgias eletivas, podem não ser totalmente cobertas pelo sistema de saúde.

Uma opção para economizar é contratar um seguro de saúde privado, que pode oferecer cobertura adicional por um preço mais acessível do que pagar por esses procedimentos fora do sistema público de saúde.

Entretenimento

Portugal oferece muitas opções de entretenimento, desde museus e teatros até praias e parques naturais. Para economizar, é possível aproveitar as ofertas culturais gratuitas, como exposições temporárias e concertos ao ar livre.

Outra dica é aproveitar as promoções em ingressos para cinemas e teatros, que geralmente acontecem durante a semana ou em dias específicos.

Comunicação

As despesas de comunicação podem ser uma das maiores despesas para um imigrante em Portugal. Para economizar, é possível optar por planos de telefonia e internet mais acessíveis. Lembre-se sempre, é possível usar aplicativos de mensagens como o WhatsApp e o Telegram para fazer chamadas e enviar mensagens gratuitamente.

Trabalho

Imagem: Google

Encontrar um emprego em Portugal pode ser um desafio para os imigrantes, mas é possível encontrar oportunidades em diversas áreas. Para economizar, é importante encontrar um trabalho que ofereça uma remuneração adequada e benefícios, como seguro de saúde e vale-refeição.

Outra dica é considerar trabalhos alternativos, como trabalhar em serviços de delivery ou como freelancer, que podem oferecer mais flexibilidade e, em alguns casos, uma renda mais alta.

Guia completo: Empregados de mesa em Portugal – empresas que contratam, rotina e salário

Evitando golpes e fraudes

Infelizmente, os imigrantes podem ser alvos de golpes e fraudes em países estrangeiros. É importante tomar precauções para evitar cair em golpes, como não fornecer informações pessoais para pessoas desconhecidas e não fazer depósitos bancários para empresas desconhecidas.

Também é importante estar atento às taxas e impostos cobrados em serviços e produtos, para evitar pagar mais do que o necessário.

Economizar dinheiro enquanto se vive em Portugal como um imigrante brasileiro pode ser um desafio, mas com algumas dicas e estratégias, é possível viver bem sem gastar muito.

A chave para economizar é planejar com antecedência, pesquisar as opções disponíveis e tomar decisões conscientes sobre onde e como gastar o dinheiro. Com um pouco de esforço e dedicação, é possível ter uma vida confortável em Portugal sem gastar além das possibilidades.

Previous post Guia completo: Empregados de mesa em Portugal – empresas que contratam, rotina e salário
Next post Vaga de Esteticista – Leiria