Etias: “MiniVisto” é adiado para 2024 e notícia anima brasileiros

Etias: “MiniVisto” é adiado para 2024 e notícia anima brasileiros

Mais uma vez a União Europeia adiou a implementação do programa de vistos para visitantes estrangeiros, Etias. Com a notícia os brasileiros não precisarão apresentar o documento para viajar aos países da Europa.

O serviço estava previsto primeiramente para ser implantado em 2021, porém, foi adiado e agora novamente. A última data foi para novembro de 2024.

O novo objetivo agora da UE é colocar o programa para o ano que vem. No entanto, não foi divulgada nenhuma data ou mês específico, isso significa que os brasileiros podem viajar de forma tranquila para qualquer um dos 26 países que fazem parte do Espaço Schengen.

O que é o Etias?

O Etias é um programa do Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem, ele foi anunciado em 2016 pela Comissão Europeia, mas só foi implementado dois anos mais tarde. O objetivo do serviço é aumentar a segurança dos países da Comissão e restringir cada vez mais a imigração ilegal nos países do bloco.

Jean-Claude Juncker, ex-presidente da Comissão Europeia, disse o seguinte na ocasião quando foi apresentado o programa, “precisamos saber quem está cruzando nossas fronteiras. Dessa forma, saberemos quem está viajando para a Europa antes mesmo de chegar aqui.”. Segundo os líderes europeus o sistema será capaz de “ajudar a detectar e diminuir o crime e o terrorismo” e “impedir a imigração irregular”.

Assim como é feito pelos Estados Unidos com o Esta, uma plataforma voltada para os estrangeiros que podem viajar para o país sem visto. Com esse documento os viajantes registram, pagam uma taxa de US$ 14 e recebem a autorização para poder seguir viajem.

Quem precisa do Etias quando entrar em vigor?

Todos os cidadão dos países a seguir precisarão do Etias, Brasil, Estados Unidos, Canadá, Austrália, Argentina, entre outros. Note no mapa abaixo, onde os países em amarelo assinalados são os que necessitarão do Etias.

O Etias é um visto?

Não. O Etias é um programa que irá fazer uma triagem da vida do viajante que pretende entrar em alguns dos países do Espaco Schengen. O objetivo como já foi dito, é combater a imigração ilegal e aumentar a segurança dos países.

Quem deve pagar pelo Etias?

Até o momento estar como certo que todos os viajantes com idades entre 18 e 70 anos serão obrigados a pagar uma taxa de 7 euros. Porém, quem tiver menos de 18 e mais de 70 anos estará isento.